quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

PERDIDAS PALAVRAS

O VENTO LEVOU MINHAS PALAVRAS
JUSTO NO MOMENTO DE PRONUNCIA-LAS
ESPEREI, PORÉM ELAS SE FORAM...EMUDECI.

CERTO DIA OLHANDO PELA JANELA ASSUSTEI.
ESTAVAM RETORNANDO MOLHADAS
E CANSADAS DA CHUVA.

RECEBI TODAS BOQUIABERTA
DAVA COMO PERDIDAS PARA SEMPRE.
MAS JUNTAS DE NOVO VOU SECAR UMA A UMA AO SOL.

2 comentários:

  1. Elas costumam cumprir seu ciclo como na natureza. Nesse peito cheio de bons sentimentos elas nunca a abandonarão. Um beijo grande. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  2. Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Natal agradável, harmonioso e com sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir